"Aviso: eu não sou legal. Não gosto de gente burra, que força intimidade nas primeiras conversas e de repetir a mesma coisa duas vezes ou ter que responder perguntar óbvias até pra uma porta. Não me apego a praticamente ninguém… Mas quando me apego, é pra valer. Sou o tipo de amigo que não tá sempre bem, mas tá sempre junto. Sou facilmente conquistado pela boca. Tenho mania de corrigir os outros (e ficar puto quando sou corrigido), ironizar tudo — o tempo todo — e sou bem chatinho. Eu gosto de cafuné, dormir de ladinho e de chupões no pescoço. Outra coisa: uma dose de grosseria é sempre bom."

~ Vinícius Kretek.   (via citografou)

(Fonte: onefortheroads)

fitness-food-and-fandom:

So delicate Flowergirls by Lim Zhi Wei / Love Limzy, Malaysian artist.

these are amazing

(Fonte: vraieronique)


Pessoas são decepcionates.

(Fonte: desmanchar)

Vez em quando vem aqui, leva uma parte de mim, me conduz, revira meus planos, e vive em meus sonhos.

"Mas eu gosto de você, e eu não costumo gostar de ninguém."

~ John Green.  

(Fonte: cuidavel)

"Sabe quando a gente bate o dedinho na quina de algum lugar? Foi mais ou menos isso que aconteceu quando perdi você. Doeu por um certo tempo, ficou vermelho, até achei que fosse chorar. Depois passou, voltou ao normal, e já nem me lembro se realmente doeu tanto. Pelo menos aprendi a olhar melhor por onde eu ando."

~ Fred Medeiros.  (via des-controladamente)

(Fonte: reatou-se)

"Amor é tudo que você precisa."

~ The Beatles.  (via invernaste)

(Fonte: alentador)

"Quero dias diferentes. Quero aprender a viver sem dor, sem saudade, nem lembranças, sem essas coisas. Quero esvaziar todo tipo de sofrimento e preencher-me de felicidade."

~ Máh Soares. (via autorias)

(Fonte: nobroke)


desajustou:

✌️


"Não é nada. Só estou desanimado, pra baixo, insuportável - desculpa."

~ Allax Garcia. (via invernaste)

(Fonte: allaxg)

Há 1 mês · 67.134 notas · reblog
originally allaxg · via invernaste

(Fonte: grrog)


Há 1 mês · 8.718 notas · reblog
originally grrog · via eraumdiafeliz

"Para o amor, um banco de praça já basta. Ou ficar na frente de um portão. Ou uma xícara de café. Amor mesmo é um filme de baixo orçamento."

~ Fabrício Carpinejar.  (via realismos)

(Fonte: desvaneceram)